Buscar
  • Profissional APSY

As melhores práticas para prevenção do coronavírus nas empresas

Atualizado: Mai 25

Em um momento como esse que estamos vivendo, em um cenário desconhecido e repleto de incertezas, é fundamental que as empresas mantenham a prática de ações que contribuam para a saúde dos colaboradores, mesmo que a dinâmica destas, aconteçam em formatos diferenciados.


Em tempos de pandemia, o mundo se mobiliza para conter o avanço rápido da COVID-19.  Gostaríamos de destacar então, o papel fundamental das empresas na realização de medidas que podem impactar positivamente na saúde dos funcionários, bem como na prevenção e contenção da doença.

Fizemos um resumo de algumas recomendações importantes que podem ser seguidas por todas as empresas. Fique atento às medidas específicas para cada ramo de atividades. 

Faça o que estiver ao seu alcance e cuide de quem faz a empresa acontecer:

as pessoas.

EMPRESA

  • Comunicar e reforçar diariamente medidas de prevenção, através de canais e informações confiáveis;

  • Orientar os funcionários a ficarem em casa quando doentes mediante flexibilização da entrega de atestados. 

  • Estimular que os trabalhadores informem sua condição de saúde;

  • Controlar e monitorar do estado de saúde dos funcionários;

  • Estimular que os funcionários com parentes doentes informem seus supervisores, para que possam tomar medidas de prevenção;

  • Caso algum funcionário teste positivo para o coronavírus, informar os outros trabalhadores, respeitando o direito de confidencialidade, para estarem atentos a eventuais sintomas;

  • Encaminhar casos suspeitos para atendimento médico;

  • Manter distanciamento entre os funcionários;

  • Manter os ambientes bem ventilados;

  • Oferecer os EPIs necessários para as atividades, bem como para a prevenção da COVID-19;

  • Disponibilizar álcool gel para os funcionários e visitantes;

  • Estimular a higienização frequente das mãos e de objetos que precisam ser compartilhados no trabalho como ferramentas e equipamentos;

  • Aumentar o rigor na higienização do local de trabalho, com desinfecção de superfícies de equipamentos e mobiliário;

  • Realizar diferentes turnos de refeição como forma de manter uma distância de segurança entre as pessoas;

  • Reduzir reuniões presenciais e viagens de trabalho;

  • Realizar reuniões virtuais mesmo no ambiente da empresa;

  • Manter uma estratégia especial para pessoas acima 60 anos, com doenças crônicas, imunossupressores e gestantes. Nestes casos deve-se observar com maior rigor, o distanciamento social, restringindo seus deslocamentos para realização de atividades estritamente necessárias e evitando aglomerações;

  • Avaliar a possibilidade de políticas flexíveis para trabalhadores que têm dependentes classificados no grupo de risco;

  • Possibilitar home office como estratégia de prevenção como forma de redução do contato humano;

  • Em caso de home office, verifique se a configuração do escritório em casa é segura e ergonômica e oriente os colaboradores em relação às pausas e alongamentos; 

  • Flexibilizar o horário de trabalho para evitar que os funcionários utilizem transporte público em horário de pico;

  • Estabelecer dias de trabalho alternados ou novos turnos para reduzir o número de pessoas nas dependências da empresa;

  • Utilizar a antecipação de férias individuais, concessão de férias coletivas, aproveitamento e antecipação de feriados e banco de horas como forma de manter os funcionários em casa;

  • Amparar e acolher os colaboradores. Em momentos de crise e incertezas é comum sintomas de medo, angústia, estresse, ansiedade e depressão. Neste caso, é possível fornecer suporte à saúde mental por meio de mensagens, cafés virtuais, programas de apoio psicológico, financeiro, dentre outros. 

  • Integrar os setores da Medicina do Trabalho, Segurança do Trabalho e Recursos Humanos para somar forças e realizar ações mais articuladas e efetivas.

COLABORADORES

  • Utilizar os EPIs necessários para a realização das atividades e prevenção do coronavírus;

  • Higienizar as mãos com frequência utilizando álcool 60-95% ou água e sabão;

  • Fazer uso de máscaras dentro e fora do ambiente de trabalho;

  • Realizar etiqueta respiratória ao tossir, cobrindo a boca com a parte interna do cotovelo;

  • Não compartilhar objetos pessoais e de trabalho;

  • Fazer a desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência (celulares, mesas, maçanetas, corrimão);

  • Manter distanciamento social nas dependências da empresa e no ambiente externo.

A prevenção, proteção e distanciamento social são práticas necessárias para barrar a disseminação do vírus. O mais importante agora é todos fazerem a sua parte ― governos, entidades, empresas e pessoas em geral ― para que tudo se resolva o mais rápido possível. Cada empresa deve avaliar seu contexto e as melhores práticas para prevenção, uma vez que este setor, também tem um papel fundamental na contenção do vírus.

Fonte:

Guia SESI de prevenção da COVID-19 nas empresas

(OMS). Getting your workplace ready for COVID-19.

12 visualizações

Rua Sena Madureira, 253 - Ouro Preto

Belo Horizonte - MG, 31340-000

CNPJ 11.508.547/0001-19

(31) 99955-4235

Logo_APSY_Oficial sem fundo.png